Hyundai surpreende com lançamento do HB20

0

Se teve um carro que fez um rebuliço antes do lançamento foi o HB20, por conta de seu desenho um tanto quanto duvidoso nas imagens divulgadas pela montadora e pelas imagens que circularam pela internet. Isso tudo, com base no recém lançado Onix Plus que foi bastante elogiado.

Mas a Hyundai surpreendeu com o lançamento do novo HB20, primeiro pela estrutura do evento de lançamento, o outro e principal, o design do HB20.

O modelo realmente surpreendeu todas as espectativas tirando toda impressão ruim do modelo.

Nessa nova geração do HB20 ele fica mais elegante, com linhas suaves e modernas dando toda sensualidade as versões disponíveis do carro.

O que mudou? 

Exterior 

O HB20 teve grandes mudanças em seu visual, podemos dizer que a única coisa que ainda continua é o nome, até o seu tamanho foi alterado, ele ficou maior e mais largo.

HB20 hatch 

Seu visual dianteiro foi o que chamou mais atenção, com nova grade, para-choque e faróis.

Vale lembrar que o HB20X tem grade e para-choque exclusivo.

Na dianteira do hatch ganha faróis maiores que invadem grande parte do capô e lateral. Na versão de entrada 1.0 ganha faróis de máscara negra sem Led diurno, diferente da top de linha que ganha assinatura exclusiva para o HB20.

 Na grade, a nova geração fica maior, com linhas alongadas na parte superior e mais curto na parte inferior. Nas bordas ele ganha cromados ao redor da grade e na parte de dentro da grade ganha três linhas cromadas na horizontal.

Já no para-choque ele também mudou, ficou mais liso, porém com cortes exclusivos e novos faróis de neblina.

Na lateral tem novo recorte na parte superior e inferior, e na coluna C ganha aplique preto que sugere um teto flutuante.

Gustavo Lopes

Na traseira o HB20 ficou mais liso, dando um ar de amplitude com as mudanças. As lanternas são em led na versão top de linha e comum na de entrada. Elas mudaram de posição, assim como a anterior ela invade a tampa do porta-malas porém a parte maior da lanterna fica para baixo, já na anterior era para cima.

O para-choque também é novo, e exclusivo para o hatch. Nele fica posicionado os refletores e a luz de ré que agora fica no para-choque.

Interior

No interior, cada categoria vai ter sua própria personalidade nas versões de valor alto. No caso do hatch o interior é todo em marrom, desde o painel aos bancos de couro.

Por falar em painel, ele mudou bastante também e perdeu o jeitão alongado como era antes. Agora ele tem linhas retas e modernas. Tem plásticos, mas nada anormal, mas fica bem com o aplique azul que é exclusivo dele.

Foto: Gustavo Lopes

Ainda no painel, no top fica localizado a nova central multimídia de 8″ polegadas no estilo flutuante. Abaixo dela fica os controles da central multimídia.

Mais abaixo fica os refletores do ar condicionado, que por sinal é digital na versão top de linha e mais abaixo fica os controles do ar condicionado.

No console central fica o famoso porta objetos com tampa e dentro fica as conexões da central multimídia e mais uma entrada UBS para carregamento rápido de celular. Mais abaixo tem a lavanca do câmbio, porta copos e apoio de braço com porta objetos.

HB20S

A versão sedan do Modelo tem quase as mesmas coisas da versão hatch, então vou citar apenas o que tem de diferente nele.

Bom, vamos começar obviamente pela traseira, que mais causou dúvida nas pessoas.

Na traseira ele ganhou um caimento bem bacana, fazendo dele uma espécie de coupê, lembrando um pouco o Sonata. Tem lanternas grandes e com assinatura em led, que ficou perfeita para ele. Na tampa da mala ele ganhou um pequeno aerofólio que deu um ar de amplitude ao sedan.

Foto: Gustavo Lopes

No interior o que muda é a tonalidade dos bancos e painel, que na versão sedan passa a ser claro, um cinza bem clarinho. No painel também segue a cor do claro e com aplique preto.

HB20X

O X é um carro totalmente exclusivo, todo com personalidade própria, o modelo foi feito com base no conceito SAGA, apresentado no salão do automóvel de São Paulo no ano passado. O modelo é praticamente o SAGA, tem os traços do do conceito. 

Foto: Gustavo Lopes

Na dianteira, o X tem grade exclusiva para ele em 3D e a borda cromada. Já o para-choque também foi feito exclusivamente para ele. Os apliques dos faróis de neblina também são diferentes das versões anteriores. Ainda no para-choque ele conta com apliques em preto e cinza.

Na lateral, os apliques não dão continuidade, são independentes dando ar aventureiro para o carro, assim como as suas rodas, que são feitas apenas para ele.

Motorização 

O HB20 conta com os motores aspirados 1.6l de 130 cv/ 16,5 kgf.m e 1.0l de 80cv/ 10,2 kgf.m, além do inédito três-cilindros 1.0l Turbo GDI que entrega 120 cv com 17,5 kgf.m. Para o HB20X, somente a opção 1.6 aspirada se aplica.

No caso do 1.0l aspirado, o sistema de injeção deixa de ter o tanque extra para gasolina. Já o 1.6l herda a mesma motorização do Creta 1.6, com comando variável duplo de válvulas, o que lhe confere 2 cv a mais que a versão anterior.

Motor 1.6 do HB20X / Foto: Gustavo Lopes

O motor 1.0l Turbo GDI, de injeção direta de combustível e duplo comando variável de admissão e escape (Dual CVVT), trabalha em conjunto com o câmbio automático de seis velocidades. Seu torque máximo de 17,5 m.kgf está disponível a partir de apenas 1.500 rpm, bem antes que os  outros modelos desse segmento. Com alto torque em baixa rotação, o motorista  desfruta de mais desempenho e agilidade em situações cotidianas, como saídas de semáforos e ultrapassagens com mais segurança. Ao encostar no pedal no acelerador, já é disponibilizado o torque máximo com o desempenho desejado e necessário. 

Equipamentos 

Chave presencial Smart Key com telecomando de travamento das portas e do porta-malas, partida do motor por botão, banco do motorista com ajuste de altura por alavanca, faróis com funções welcome e escort, acionamento intermitente do indicador de direção e direção elétrica (antes disponível apenas no HB20X) são alguns dos componentes inéditos na recheada lista do novo HB20. Completam o pacote, vidros elétricos dianteiros e traseiros com funções one touch (descida e subida) e antiesmagamento. 

Outra novidade são as alavancas no volante para trocas de marcha (Smart Shift), conferindo uma condução mais esportiva e respostas mais rápidas durante ultrapassagens.

Segurança

Frenagem autônoma

Os destaques são os sistemas ativos, disponíveis na versão Diamond Plus, que apoiam o motorista no dia a dia e em situações de emergência. O sistema de alerta e frenagem autônomo age em situações quando há pedestres ou veículos adiante e o condutor demonstra não tomar qualquer ação para evitar a eventual colisão. Através de uma câmera instalada na frente do espelho retrovisor e com auxílio do controle de estabilidade (ESP), o HB20 aciona o freio automaticamente. Com o veículo em velocidades até 50 km/h, o sistema é capaz de efetuar a parada completa antes do possível impacto.

Já o alerta de mudança de faixa utiliza a mesma câmera instalada no para-brisa para alertar o motorista com aviso sonoro e visual, caso o HB20 saia da faixa de rodagem, evitando um possível acidente ao invadir a pista ao lado.

Segurança adicional

Na nova geração do HB20, praticamente todas as versões oferecem, de série, os controles de estabilidade e tração (ESP e TCS), promovendo uma direção mais segura, em que o carro evita derrapagens, desequilíbrio em curvas, desvios de trajetória e outras situações de risco. Quando em ladeiras e ruas mais íngremes, está disponível o assistente de partida em rampa (HAC), que mantém o veículo parado por alguns segundos, mesmo soltando-se o freio, evitando que ele desça antes de acelerar.

Dentro da cabine, são quatro airbags nas versões Diamond e Diamond Plus e dois nas demais versões, cinto de três pontos para todos os ocupantes, apoios de cabeça nos assentos dianteiros e traseiros, ISOFIX® e freios ABS com EBD.

Além disso, o novo HB20 alia tecnologia à segurança. Na central multimídia, é possível acessar o monitoramento da traseira via câmera (DRVM), acionando a visão traseira sem a necessidade de engatar ré e, na versão Diamond Plus, está disponível o monitoramento de pressão dos pneus (TPMS), alertando em caso de pneus furados ou com baixa pressão.

Preços 

O HB20 contará com nove versões: Sense (1.0l MT), Vision (1.0l MT, 1.6l MT e 1.6l AT), Evolution (1.0l MT e 1.0l Turbo GDI AT), Launch Edition (1.6l AT), Diamond (1.0l Turbo GDI AT) e Diamond Plus (1.0l Turbo GDI AT) e os preços variando entre R$ 46.490 e R$ 77.990.

Já para o HB20X estarão disponíveis cinco versões: Vision (1.6l MT e 1.6l AT), Evolution (1.6l AT), Diamond (1.6l AT) e Diamond Plus (1.6l AT), com preços entre R$ 62.990 e R$ 79.590.

O HB20S tem versões entre R$ 55.390 e R$ 81.290.

Impressões ao dirigir 

Como podemos dizer? O HB20 melhorou bastante em desempenho. Quando iniciamos o teste no modelo começamos pelo S saímos do aeroporto de Comandatuba-BA e seguimos sentido Canavieiras-BA pegando um misto de estrada e cidade, nesse trajeto deu para perceber o quanto ele evoluiu. Pude ver como o motor 1.0 turbo fez bem ao sedan, ótimas retomas e excelente aceleração. Isso por conta do seu torque que é de 17,6 kgfm em apenas 1.500rpm, ou seja pisou andou.

A suspensão estava bem calibrada, isso deu para notar pois a estrada tinha bastante buraco.

Já na volta para o aeroporto, voltei no hatch, e tive a mesma impressão, até melhor, já que o modelo é mais leve, e claro muito mais estável nas curvas, já que ficou mais largo.

Falando em estabilidade, a Hyundai preparou uma pista de teste dentro do aeroporto onde tivemos a oportunidade de acelerar o 1.0 turbo em uma linda pista de vôo. Dei duas voltas na pista do aeroporto, chegando ao 170 km/h com total segurança, pois se trata de uma pista fechada e controlada.

Outro recurso que vale ressaltar que testei foi a frenagem autônoma, as versões mais caras possuem o recurso de segurança que em até 50km/h o sistema pode indentificar obstáculos a frente e assim fazendo a frenagem autônoma. 

Outro item de segurança que testei foi o alerta de faixa, sempre que saia da faixa ele avisava no painel com sinal sonoro.

Opinião, vale a compra?

Estamos vivendo em uma época onde os veículos estão evoluindo cada vez mais e claro que os preços também evolui junto. Por que estou falando isso, vi comentários sobre o preço alto das versões top de linha, como a do sedan que chaga aos 80 mil. Não dá para comparar com os preços dos veículos de entrada de 10 ou 15 anos atrás como Uno, Palio e Gol que custava os 28 e 32 mil.

Ou seja são outros tempos, novas tecnologias que esperava para o futuro, não temos carros voando, mas esse é o futuro que esperávamos a uns tempos atrás. 

Resumindo, acho que vale sim o investimento em um carro com todos os recursos atuais como a do HB20. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here