Como aumentar a vida útil da sua moto

0
Foto: Internet

De acordo com o Mapa da Motorização Individual no Brasil 2019, realizado pelo Observatório das Metrópoles, em um período de 10 anos a frota de motos no país passou de treze milhões para 26,7 milhões. A taxa de motorização no Brasil por sua vez (motos/100 habitantes) passou de 6,9 a 12,8 nas áreas metropolitanas. Para manter o seu veículo de duas rodas em pleno funcionamento por muito tempo é importante adotar cuidados especiais e seguir algumas dicas de especialistas nesse tipo de condução.

De acordo com o Diretor da Moto Vena, Gabriel Rizk é fundamental que sejam realizadas as revisões regularmente conforme o manual de sua motocicleta. “Assim como os carros, as motos precisam passar por uma revisão geral a cada ano. E isso deve ser feito de preferência na loja autorizada da sua moto ou com um mecânico especializado de sua confiança. O mais importante é que seja realizada anualmente, sempre no mesmo mês”, disse.

Durante a revisão são checados itens como óleo, os pneus, os freios, a corrente, a embreagem, a bateria e as velas de ignição, além dos itens elétricos. “Nada pode ser deixado de lado durante a revisão, essa é única maneira de garantir que sua moto está sendo bem cuidada e funcionará em pleno desempenho por muito s e muitos anos. Também é essa garantia de que estará pilotando um veículo seguro com menor chance de imprevistos”, orientou.

Alguns itens devem ser verificados com maior frequência, ou seja, não podem ser notados apenas durante as revisões, são eles a pressão dos pneus e o nível do óleo.

Com relação a parte estética da moto, para manter a cor bonita por muito tempo é essencial proteger a pintura. “Limpe sua moto com um pano molhado sempre que for possível, mas atenção: utilize apenas água ou um produto específico para limpeza de motos, o sabão neutro é uma ótima opção e você ainda pode usar para limpar o capacete. Os detergentes comuns são abrasivos e danificam a pintura. Nunca utilize panos secos que só irão arrastar a sujeira pela lataria e causar arranhões”, orientou Gabriel.

Evitar que a moto fica exposta ao tempo sempre que estacionada também pode prejudicar a estética da moto, pois o sol e a chuva desbotar a pintura e podem prejudicar as partes cromadas. Sempre que possível opte por estaciona-la em local coberto.    

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here