Argo TrakKing: Melhor custo benefício entre os aventureiros

0

É sempre bom pegar uma estrada no final de semana, indo visitar uma cachoeira, praia ou ir para as montanhas. Mas a melhor forma de se aproveitar é com um belo aventureiro, e uma boa aposta é o Fiat Argo TrakKing.

A Fiat é pioneira em adaptar veículos ao seguimento aventureiro, isso porque foi a primeira na área com a linha Palio Weekend, Strada, Ideia e Doblo. Onde teve sucesso com a linha adventure. Agora com a missão de entrar na linha, substituindo o Palio e Punto, o Argo ganhou varias versões, uma delas é o aventureiro TrakKing.

A receita se repete no Argo TrakKing, o modelo é baseado no Argo Drive e teve algumas modificações de sua origem, isso para um melhor comportamento em fora de estrada.

O Argo TrakKing

Foto: Gustavo Lopes

A versão aventureira ganhou alguns adereços importantes para o seguimento, mas nada exagerado, tudo na medida certa.

Na dianteira ele ganhou alguns elementos como aplique de plástico abaixo do para-choque. No capô conta com um adesivo preto que lembra o da linha Jeep.

Na lateral segue os adesivos e nomeclatura TRAKKING na cor preto com laranja. Ainda conta com spoiler na caixa de ar e na caixa de rodas.

No teto conta com rack e teto pintado de preto.

Na traseira acima do vidro tem aerofólio na cor preto e adesivos na tampa da mala. No para-choque conta com aplique cinza bem esportivo.

Outro diferencial da versão são as logos da Fiat que são na cor preto, tanto na grade dianteira, volante e chave.

O que mais mudou?

A suspensão do Argo foi recalibrada para uma melhor performance, além disso ganhou 4 centímetros a mais nessa versão, sua plataforma foi reforçada. Os pneus são Pirelli aro 15″ de uso misto.

Motorização

O Argo TrakKing dividi a mesma motorização do Drive, é um motor 1.3 FIREFLY de 109 vc  e 14,2 kgfm e câmbio manual de cinco marchas.

Impressões ao dirigir

O Argo TrakKing é bem chamativo, isso por conta de sua robustez e linhas marcantes.

As mudanças adotadas no Argo TrakKing são bem eficientes e essenciais para o modelo. Rodei com ele em fora de estrada e pude perceber a suspensão trabalhando e trazendo muito conforto para dentro do carro.

Foto: Gustavo Lopes

No interior apesar dos acabamentos serem de plástico, comum na categoria, são bem acabados com bons encaixes e texturas. O painel do Argo com certeza é um dos pontos fortes da linha, muito bonito e casou muito bem com acabamento preto do teto.

Com o motor 1.3 ele trabalha melhor em alta, com giro mais alto. Em baixa ele fica um pouco preso mas logo se resolve, isso por conta do câmbio manual de 5 marchas que tem bons encaixes e te permite trocas e reduções na hora certa. 

Durante nosso teste ele registrou o consumo de 9,5 km/l abastecido com gasolina na rodagem cidade e estrada.

Opinião 

O TrakKing sem dúvida é o melhor custo benefício para quem procura um aventureiro, pois entre eles o Argo é o mais barato, custando cerca de 59 mil.

Porém peca em não oferecer opção automática, mas segundo jornalistas, deve chegar em novembro a opção automática com motor 1.8, mas sem confirmação pois procurei a assessoria de imprensa da Fiat e eles não confirmaram e disseram que não falam sobre seus futuros lançamentos.

Mas o carro é bom, bem equilibrado na estética nada exagerado nos plásticos e apliques externo.

Conforme falado anteriormente, é o melhor custo benefício entre os seus concorrentes.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here